Grupo Moreno
 

Informes / Ação da Unica durante a COP21 promove o plantio de árvores no sistema Cantareira

Voltar
 



Graças a uma ação de conscientização promovida pela União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA) em favor da sustentabilidade da cana-de-açúcar durante a Conferência do Clima (COP21), realizada em dezembro de 2015, em Paris, 500 mudas de árvores nativas da Mata Atlântica foram plantadas, em fevereiro deste ano, no Sistema Cantareira, responsável pelo abastecimento hídrico de uma grande parcela da população da cidade São Paulo.

No âmbito do Programa Amigo da Floresta, coordenado pela Iniciativa Verde, uma organização do terceiro setor engajada em projetos de recomposição florestal, cada uma destas espécies semeadas recentemente no Cantareira homenageia individualmente todos os vencedores do QUIZ “Curiosidades de como a cana pode reduzir as emissões de Gases de Efeito Estufa” (em português), desafio encarado por diversos visitantes do estande da UNICA no maior evento ambiental do planeta.

De acordo com a gestora ambiental da Iniciativa Verde, Jessica Carvalho Campanha, cuja instituição foi criada em 2005, estas 500 mudas financiadas pela UNICA foram alocadas em uma das regiões mais críticas do Cantareira, próxima a divisa entre os estados de São Paulo e Minas Gerais. “Esta área localizada no município de Extrema é muito sensível para o fluxo hídrico de todo o Sistema. O plantio destas árvores ajuda muito na manutenção dos mananciais, fontes de água cruciais para o abastecimento humano”, relata.

Segundo um estudo da empresa de geoprocessamento Arcplan em parceria com a Fundação S.O.S Mata Atlântica, 76,5% dos 5.082 km de rios que formam o Sistema Cantareira estão sem cobertura vegetal, o que representa riscos para o abastecimento hídrico de SP.


UNICA na COP21

Ao responder corretamente o QUIZ com dez questões relativas às diferentes utilidades da cana e de seus derivados como fonte para a geração de energia elétrica renovável e de biocombustível, os vencedores colaboraram, mesmo que de forma simbólica, para a redução dos gases de efeito estufa (GEEs). Para auxiliar os participantes a compreender os temas propostos, o estande da UNICA, viabilizado graças à parceria entre a entidade e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), ofereceu todo o conteúdo do questionário em três vídeos exibidos no espaço.

Posicionado de forma estratégica no pavilhão onde foram realizadas as negociações da COP21, o estande montado pela UNICA, chamou a atenção do público que circulou pelo Le Bourget, em especial o de origem estrangeira. A interatividade foi uma das marcas do estande 100% digital da entidade, que recebeu um total de mais de 280 visitas.


Programa Amigo da Floresta

Criado em 2007 pela Iniciativa Verde, o Programa Amigo da Floresta é aberto a pessoas e instituições que estejam comprometidas com a recomposição de florestas degradadas e com de ações de respeito ao meio ambiente. Desde sua fundação, a ONG já plantou mais de 738 hectares de Mata Atlântica em 34 municípios espalhados pelas regiões Sul, Sudeste, Centro-Oeste, Nordeste e Norte.

Entre as organizações parceiras da Iniciativa Verde, destaque para: Aliança pela Água, Observatório do Código Florestal, Observatório do Clima, Pacto da Restauração da Mata Atlântica, Rede de ONGs da Mata Atlântica (RMA) e Banco Nacional de desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Neste último caso, por meio de recursos disponibilizados pelo programa Iniciativa BNDES Mata Atlântica, a Iniciativa Verde implementa o restauro florestal de 425 hectares de matas ciliares – formação vegetal das margens dos rios, dos córregos, dos lagos, das represas e das nascentes – localizadas nos estados de São Paulo e do Paraná.





Fontehttp://www.unica.com.br/noticia/3102159920315981183/acao-da-unica-durante-a-cop21-promove-o-plantio-de-arvores-no-sistema-cantareira
 







Menu Rápido:
Receba Novidades
Tags Relacionadas:

by Somenek